5 dicas para publicação bem sucedida e marketing de livros.


As pessoas não compram 'livros'.

Elas compram entretenimento, informação ou inspiração.

Elas compram escapar para outro mundo em seu trajeto

para o trabalho que não gostam. Elas compram uma maneira de mudar sua vida. Elas compram uma resposta para um problema.

Quando você escreve, você está profundamente dentro de você

- como deveria ser. Você é o artista. Você é o criador.

Mas quando você publica, você precisa mudar sua cabeça para a do leitor. Ficamos um pouco obcecados com gêneros e nossas palavras e nossos formatos e todas as minúcias sobre o livro. Mas precisamos pensar mais sobre a experiência do leitor.

1 Por que eles querem ler?

Para fugir em uma aventura. Para mudar sua vida e descobrir uma nova maneira de ganhar a vida. Para aprender como se tornar um pai melhor, ou administrar melhor seu dinheiro, ou aprender uma habilidade - ou mais sobre si mesmo.

Isso é o que você precisa considerar quando estiver fazendo a sua sinopse e sua cópia de anúncio. Deve se perguntar: Por que alguém realmente quer seu livro?

2 Quando eles estão lendo?

A ascensão de audiolivros e audição de podcast tem muito a ver com quando as pessoas querem consumir conteúdo. Todo mundo está ocupado e escutar enquanto está na escola ou fazendo tarefas domésticas ou enquanto dirige para o trabalho significa que as pessoas podem aprender / fugir / se inspirar enquanto fazem outras coisas.

Como você pode posicionar seu livro para que ele responda ao que o leitor realmente deseja em um formato que permita que ele o consuma?

Ou seja, como expor seu livro ou parte dele antes de vender o livro. O booktrailer que fazemos pode ser uma opção. Veja booktraileres.

3 A publicação ampla é mais do que apenas as lojas online

Uma das maneiras de se ganhar dinheiro em maior volume são vendas em grandes quantidades atingindo o nicho no alvo. Vou explicar.

Autores independentes são muitas vezes obcecados com rankings e vendas para os leitores através das grandes plataformas, por exemplo: Amazon, Kobo, Saraiva, Clube de Autores, Watpadd,

Os editores estão principalmente focados em vender para livrarias. As vendas especiais têm tudo a ver com pensar fora desses mercados