top of page

Mentalidade de marketing: jogar com o seu poder

Atualizado: 4 de jan. de 2022


Recentemente, fiz uma apresentação para um grupo de autores que pagaram mentoria sobre o tópico da mentalidade de marketing. Isso foi há mais de um ano. O assunto ressoou tão fortemente com o grupo, que estou compartilhando a apresentação em forma de blog aqui agora. Espero que você também ache útil.

Quando conduzimos uma pesquisa com mais de 400 autores no ano passado, o marketing foi a área que os autores disseram ter achado mais desafiadora e onde eles poderiam ter mais ajuda. Nesta postagem, cobrimos por que o marketing pode parecer tão assustador e sugerimos uma estrutura e mentalidade de marketing que usamos aqui na Design do Escritor para tornar o marketing mais gerenciável.


Como os autores se sentem sobre o marketing












Este gif resume como os autores estão se sentindo em relação ao marketing. Quando questionados sobre quanto tempo os autores gastam em marketing, ouvimos muitos "não é o suficiente" o que muitas vezes pode ser interpretada em quase nada.

Em todos os grupos de autores, o marketing foi listado como o aspecto mais difícil de ser um autor. Os autores se sentem culpados por terem gasto muito pouco tempo no marketing. Esse parecia ser o caso, independentemente de quanto tempo os autores realmente despendessem em marketing.

Quando analisamos o feedback dos autores, fica claro que muitos deles estão se sentindo inadequados, ressentidos, desamparados e frustrados quando se trata de marketing. Esse é um conjunto difícil de emoções, especialmente considerando que o marketing é inevitável se você quiser ganhar a vida como autor.

O que posso dizer é que qualquer pessoa que já tentou fazer o marketing em algum momento teve esses sentimentos. O que eu gostaria de explorar é por que o marketing pode nos fazer sentir assim e o que podemos fazer a respeito.


Por que nos sentimos assim?









Na década de 1970, os pesquisadores da psicologia fizeram a pergunta: como podemos permanecer motivados internamente? O que nos faz funcionar?

Os estudos conduzidos em torno dessa questão resultaram no que é conhecido como teoria da autodeterminação. A teoria da autodeterminação afirma que existem três necessidades universais essenciais para a saúde psicológica e o bem-estar de cada indivíduo: 1) Competência, 2) Autonomia e 3) Parentesco. O cenário de marketing atual, que chamarei de Marketing Land, é muito bom em minar essas três necessidades básicas.


Competência


Desenvolvimento da Maestria



Competência é querer se sentir bem em alguma coisa. Muitas das ferramentas e plataformas de marketing que existem exigem algum nível de competência para que você possa usá-las bem. O desafio é que, assim que você ganha o domínio de uma plataforma ou técnica, as coisas mudam. Novos recursos são lançados, a interface do usuário é redesenhada ou o algoritmo é alterado. É muito difícil ter uma sensação de domínio no Marketing Land. Isso leva a sentimentos de inadequação e frustração.


Autonomia



Autonomia é nossa necessidade de sentir que temos um senso de controle sobre nossa vida. Qualquer pessoa com crianças já viu isso acontecer com crianças pequenas e suas declarações onipresentes "Eu faço isso sozinho". Em Marketing Land, não temos o controle que gostaríamos. Não temos recurso quando as regras são alteradas, nossas contas são desativadas ou diminui a eficácia. A falta de controle no Marketing Land leva a sentimentos de desamparo e ressentimento.


Parentesco



Por último, temos parentesco. Como seres humanos, estamos programados para interagir e nos conectar com os outros. Em nossa era atual de proliferação das mídias sociais, isso pode levar a um medo constante de perder algo. Nós nos comparamos aos outros. Acreditamos que eles sabem mais do que nós. Acreditamos ter esquecido a única tática de marketing que todo mundo conhece e resolverá todos os nossos problemas de marketing. Isso nos faz sentir culpados.

Buscar competência, autonomia e relacionamento são as coisas que nos tornam humanos. Quando essas necessidades não são atendidas, experimentamos emoções negativas. Então o que nós podemos fazer?


O que podemos fazer sobre isso?

Podemos admitir a derrota. Ou podemos seguir outro caminho. Você pode voltar para o lado negro ou pode abraçar seu mestre Jedi interior para fazer do Marketing Land um lugar que pode ser divertido. Isso é o que fazemos aqui na Design do Escritor. Somos também uma empresa de marketing. Todos nós aqui nos dedicamos ao marketing todos os dias. E nós realmente gostamos. É divertido. Eu gostaria de compartilhar um pouco sobre como fazemos isso.


Quais táticas de marketing são eficazes?

Os dados ficam mais interessantes, porém, quando você olha para a distribuição de cada resposta. Só 14% dos autores dão nota 5 (em uma escala de 1 a 5 do pior para o melhor) em anúncios do Facebook. O que nos intrigou é que em muitos cases nosso conseguimos vendas de 60% só do Facebook então abre-se um parênteses (Facebook ads não funciona ou os autores não o fizeram direito?)



Os anúncios na Amazon por exemplo corresponderam a 37% das vendas de um autor que vendeu 2.100 ebook.


Refinar, idealizar e criar a estratégia e executar são realidades que diferem de livro para livro. É preciso sim feeling para ajustar os “botões” pois cada livro funciona em um ecossistema diferente e assim cada mecanismo de alcance de público-leitor deve ser bem pensado.


Ter um Blog em nossa pesquisa satisfaz em vende 27% dos escritores consultados. Notamos que a diferença de quem deu nota 5 para um blog para quem deu nota 1 é a diferença em consistência de postagens, quanto mais artigos e constância mais resulta em vendas de livros.


O Instagram é uma ferramenta que no orgânico funciona também para o volume de conteúdo criado. E quanto mais presença no Feed e Storys maior é o crescimento de público e 35% dos escritores deram nota 5 por conseguir efetivar vendas de livros impressos e ebooks através de links para Amazon.


Qual é a sua zona de poder?


O que esses gráficos mostram é que não existe uma estratégia mágica que funcione para todos. A sabedoria da multidão pode indicar táticas de marketing com maior probabilidade de serem eficazes. Mas, no final do dia, as táticas que terão mais sucesso para você são aquelas que usam seus pontos fortes. Seu trabalho é encontrar sua zona de poder.

Para encontrar sua zona de poder, pergunte-se: onde eu já tenho competência ou potencial para ter competência? Onde tenho curiosidade? O que eu gosto de fazer?

Se você não gosta de uma técnica de marketing específica, será difícil ser bom nela. Sempre vai parecer um trabalho árduo.





Por exemplo uma pessoa de dados adora fazer cálculos, adora planilhas Excel e adora o desafio de identificar a mensagem certa para o público certo. Por esse motivo, criar, veicular e analisar anúncios no Facebook é um lugar feliz para ela.

Para outras pessoas, compartilhar suas vidas online, escrever postagens espirituosas e se conectar com as pessoas é onde elas se destacam. Portanto, a mídia social é um lugar divertido para elas.


Ou talvez você apenas queira ficar sozinho para escrever. Você pode ter sucesso no marketing sem autopromoção ou mídia social. Não importa quem você seja, há uma maneira de comercializar seu livro que vai ressoar em você. Você apenas precisa achar isto. A pergunta mais importante a se fazer é: O que é divertido? O que desperta curiosidade ou alegria?

Nossa experiência em marketing mostra que deve ter um conjunto de habilidades para ser bom em anúncios no Facebook e na Amazon. Temos colaboradores que gostam de rolar planilhas o dia todo não é divertido para mim, sou criativo, mas eles ajudam na matemática dos algoritmos para vender livros.

Alguns autores podem sentir que não têm a experiência ou o conjunto de habilidades para experimentar anúncios pagos, mas ler e aprender sobre eles parece divertido e desperta o desejo de ser bom nisso. Ou você pode contar com uma turma experiente como a nossa e ficar descansado pois vamos dar duro para seu livro chegar as pessoas. É o bastante. Aproveite o tempo para aprender e aumentar sua competência em algo par seu marketing, se isso for algo que te faz sentir bem.


Estabeleça seu Foco


Depois de identificar sua zona de poder, é importante focar nela, você não tem que fazer tudo! Isto é mais fácil dizer do que fazer. Você ficará tentado a mudar de marcha e experimentar algo novo e brilhante. Você se sentirá desanimado e terá vontade de desistir. Sua missão, se você decidir aceitá-la, é permanecer comprometido e focado no plano de marketing que você escolheu.

Isso não significa que você nunca mude de rumo ou tente algo novo. A competência inclui o aprendizado por meio da experimentação. No entanto, em vez de se distrair ao ouvir falar ou ter uma inspiração de marketing que está fora do seu plano, escreva! Depois de terminar de implantar seu plano de marketing atual, você pode voltar a essas ideias e ver se deseja experimentá-las durante o próximo período do plano de marketing.


A especificidade supera a intenção


Descobrimos que, quando se trata de planos de marketing, a especificidade supera a intenção. O que isso significa, na prática, é que você pode ter a melhor das intenções de se concentrar, mas para realmente colocar seu novo plano e mentalidade em ação, você terá que ser específico sobre suas áreas de foco, o número de horas que deseja reservar para marketing a cada semana e a duração de seu plano de marketing.

Recomendamos fazer seu planejamento em incrementos de 90 dias. Isso significa que você define sua intenção para os próximos 90 dias e cria um plano detalhado de como executá-la. No final desse período de 90 dias, avalie como as coisas foram e aproveite sua visão e experiência para elaborar seu próximo plano de 90 dias. Por ter um plano específico, significa que quando você se sentar à sua mesa todos os dias, não terá que perder tempo pensando no que fazer. Tudo será planejado para que você possa mergulhar de cabeça. Isso o tornará eficiente e gerará impulso.

Se você adotar essa abordagem, poderá descobrir que, na verdade, gasta menos tempo com marketing. Tudo bem. Você estará fazendo menos, mas um trabalho melhor e mais focado para que possa ganhar tração em vez de girar as rodas. Você também recuperará o senso de controle. Você gastará tempo em atividades de que gosta e começará a desenvolver competência em áreas específicas.


Marketing de acordo com seus termos

Para recapitular o que cobrimos:

· Conhecimento é poder. É importante compreender os gatilhos emocionais em torno do marketing. Saber como e por que o marketing nos faz sentir é o primeiro passo para vencer os desafios em torno do marketing.

· Sem balas de prata. Existem vários canais e técnicas de marketing que funcionam. Nem todo canal funciona para todos os autores. Como autor, você não precisa dominar todos os canais.

· Encontre o seu lugar feliz. É menos provável que você tenha sucesso em algo de que não gosta. Identifique um ou dois canais de marketing que sejam divertidos para você.

· Forme seu foco. Fique comprometido com os canais que você identificou.

· O sucesso está nos detalhes. Um plano detalhado é a chave para o sucesso. Isso o manterá focado e o tornará mais eficiente.

· A mudança é uma constante. Aceite que as coisas vão mudar. Faça o teste e a experimentação parte do seu plano.

Se você conseguir mudar para uma nova maneira de pensar e conduzir suas atividades de marketing, poderemos dispensar os suspiros e talvez até mesmo sorrir na próxima vez que entrarmos na Terra do Marketing.


Se quer nossa colaboração especializada nesse processo acesse o link abaixo e nos mande suas dúvidas. Ficaremos muito grato em ajudá-lo!


Gostou do artigo? Assine nossa newsletter para receber novos artigos











55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page