Os 4 tipos de escritor


Os 4 tipos de escritor são, embora não pareça, uma ferramenta essencial do ponto vista literário, porque define a maneira como você escreve sua história.

Antes de tudo, apresentemos os Dois Métodos Básicos, que são o Método Criador e Editor, e não são, sinceramente, muito complicados de entender. O primeiro, o Método Criador, compõe apenas escrever e mais nada. Nele você escreve mil, duas mil, três mil, quatro mil ou cinco mil palavras sem parar, aproveitando o brainstorm (literalmente Tempestade Cerebral, mas que na verdade é uma série de ideias que vão surgindo na sua mente) até ele esgotar. O Método Editor consiste em revisar o material já escrito de maneira a torná-lo mais legível e poético, e não só palavra ao lado de palavra.

Os Métodos em si têm de coexistir, mesmo que você só escreva seus capítulos e publique, o simples fato de filtrar uma parte das ideias já seria no caso o Método Editor, enquanto escrever cria o Criador.

Entenderam? Ótimo!

Os 4 Tipos de Escritor: Introdução

Escritor Improvisador é aquele escritor que escreve IN LOCO mesmo, sem um tópico ou um resumo do capítulo que vai escrever, se ele tem uma ideia ele vai com ela até o fim sem deixar ela de lado até não poder mais, e vai escrevendo sem parar.

Exemplos são: Arthur Conan Doyle e Stephen King

data:image/gif;base64,R0lGODlhAQABAPABAP///wAAACH5BAEKAAAALAAAAAABAAEAAAICRAEAOw==