10 autores nacionais vivos que faturaram mais de 1 milhão de reais com seus livros

Atualizado: Jan 16


Nesse artigo buscamos dar lugar a autores desconhecidos para uma boa parte das pessoas. Quem não tem muito contato com a literatura e o mercado editorial pode se surpreender. Muita gente quando pensa em muitos livros vendidos pensa em Paulo Coelho, é um clichê. E não preciso dizer que é claro que Paulo Coelho não está nessa lista. Outra característica é a idade dos autores, a maior parte é jovem, tendo 3 bem mais velhos ao final. No artigo todos faturaram ao menos 1 milhão em direitos autorais requisito do título... no entanto outros foram muito além disso. Veja aí a lista dos milionários e suas trajetórias como escritores:



Paula Pimenta - faturamento estimado até hoje : R$ 5 milhões


A mineira Paula Pimenta é, de acordo com sua própria definição, “autora de livros cor-de-rosa”. É também um fenômeno: escreveu mais de 20 títulos, possui dois milhões de exemplares vendidos e teve suas obras publicadas em países como Espanha, Itália, Portugal e toda a América Latina.

Sua trajetória literária teve início em 2001, com o lançamento da coletânea de poemas Confissão. Mas o sucesso chegou para valer em 2008, quando a divulgação boca a boca entre os fãs transformou o romance adolescente Fazendo meu filme num best-seller. Isso fez com que as aventuras da jovem Estefânia Castelino Belluz, a Fani, personagem principal do livro, virassem uma série composta por quatro títulos, que, mais tarde, ganharia também versão em HQ, um diário e uma edição especial de 10 anos.



Eduardo Spohr – faturamento estimado até hoje: R$ 2,8 milhões


Eduardo Spohr nasceu no Rio de Janeiro, em 5 de junho de 1976. Estudou Comunicação Social. No início da trajetória profissional dedicou-se à Publicidade, mais tarde optou pela profissão de jornalista. Trabalhou os primeiros anos da década de 2000 como repórter, analista de conteúdo do portal iBest e foi editor do portal Click21.


Motivado pelo contato com diversas culturas, durante sua juventude – filho de piloto e de uma comissária de bordo, teve a oportunidade de viajar e percorrer o mundo, escreveu sobre o fim do mundo e religião em seu livro A Batalha do Apocalipse, situando a trama em várias civilizações. Publicou em junho de 2010 pelo selo Verus, vendendo em seis meses, até dezembro do mesmo ano, 50 mil cópias. Depois disso o livro passou a vender cada vez mais.

O livro teve complementos com outros livros e se tornou uma saga. Hoje Eduardo Spohr conta com 7 livros publicados. O total de vendas chega à casa dos 970 mil exemplares.



André Vianco - faturamento estimado até hoje: R$ 2,9 milhões


Fã de Henry James e Victor Hugo, André Vianco cresceu alimentado por seriados, literatura, filmes e HQs. Começou a escrever na adolescência e estreou em fevereiro de 2000, autopublicando seu livro Os Sete, que deu origem à saga de vampiros que se tornou célebre e rapidamente conquistou milhares de fãs, consagrando-se best-seller ao ser publicado por sua primeira editora.


Além de ter escrito e publicado 23 obras, foi roteirista contratado da Rede Globo de 2010 a 2014, foi professor da Roteiraria (2017), dirigiu três curtas-metragens, e fundou a Vivendo de Inventar, empresa em que forma, orienta e ensina novos escritores em suas carreiras.


Somado todos seus livros André Vianco já ultrapassou a marca de 1 milhão de exemplares vendidos.



Raphael Draccon - faturamento estimado até hoje: R$ 1,3 milhão


Raphael Draccon é romancista best-seller e roteirista premiado pela American Screenwriter Association. Foi considerado pela Revista “Isto É” como um dos dez escritores mais influentes do mercado brasileiro. Com sua principal trilogia de fantasia “Dragões de Éter” chegou ao primeiro lugar no Brasil, quarto lugar no México e também foi publicado em Portugal. Com a marca de 500 mil exemplares vendidos.



Carina Rissi - faturamento estimado até hoje: R$ 1,1 milhão


‘Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração.”

Seus livros já foram publicados no Brasil, em Portugal, na Rússia, na Ucrânia e na Itália, vendendo mais de 400 mil exemplares. Os livros Perdida e Procura-se um marido já tiveram seus direitos vendidos para virarem filmes.



Isabel Freitas - faturamento estimado até hoje: R$ 4,1 milhões


Isabela Ribeiro Freitas nasceu na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, no dia 8 de dezembro de 1990. Iniciou a faculdade de Direito, porém abandonou o curso no oitavo período. Com 19 anos, após terminar um namoro, resolveu abrir uma conta no Twitter para dar conselhos sentimentais. Em pouco tempo o espaço ficou pequeno. Em 2011 resolveu lançar um blog que logo se tornou um fenômeno das redes sociais passando de 100 mil acessos diários.


Isabela chamou a atenção da editora Intrínseca, cujo catálogo possui nomes como Stephenie Meyer, Rick Riordan e John Green autores do público jovem. Em junho de 2014 Isabela lançou “Não Se Apega. Ela alcançou a marca de 1 milhão e 600 mil exemplares vendidos.



Thalita Rebouças - faturamento estimado até hoje: R$ 6,4 milhões


Autora de 22 obras direcionadas ao público infanto-juvenis, Thalita Rebouças marcou – e continua marcando – a trajetória de milhares de adolescentes. "Fala Sério, Mãe!", "Tudo Por Um Popstar" e "Um Ano Inesquecível" são apenas alguns dos livros de sucesso da jornalista de 44 anos. Ela já vendeu 2,3 milhões de livros.



Luis Fernando Verissimo - faturamento estimado até hoje: R$ 13,5 milhões


Luis Fernando Verissimo (1936) é um escritor brasileiro. Famoso por suas crônicas e contos de humor, é também jornalista, tradutor, roteirista de programas para televisão e músico. É filho do escritor Érico Verissimo.

Vendeu em torno de 5 milhões e 200 mil livros.



Marcelo Rubens Paiva - faturamento estimado até hoje: R$ 5,4 milhões


Conhecido por retratar suas memórias de forma irônica nos livros, o escritor Marcelo Rubens Paiva completa 60 anos em 2019. Nascido em 1º de maio de 1959, na cidade de São Paulo, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro ainda na infância, após seu pai, Rubens Paiva, precisar se exilar durante a ditadura militar.

Vendeu cerca de 1 milhão e 800 mil livros



Pedro Bandeira - faturamento estimado até hoje: R$ 77,5 milhões


Pedro Bandeira de Luna Filho (Santos, 9 de março de 1942) é um escritor brasileiro de livros infanto-juvenis. Recebeu vários prêmios, como o Troféu APCA da Associação Paulista de Críticos de Arte e o Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, entre outros.


Pedro Bandeira é o autor de literatura juvenil mais vendido no Brasil (27 milhões de exemplares até 2019) além, como especialista em letramento e técnicas especiais de leitura, profere conferências para professores em todo o país. É autor da série Os Karas, de O Fantástico Mistério de Feiurinha e de A Marca de uma Lágrima, entre mais de 80 títulos publicados.


Se gosta de postagens como essa se inscreva em nossa lista para receber nossa newsletter exclusiva- Assinar

0 visualização